sábado, 24 de julho de 2010

Ela sou eu













Ela sabia que era diferente,desde pequena
mas não sabia o porquê
uma figura normal-estranha
aparentemente fria e racional
intrinsecamente, uma rosa com lágrimas
sensível e emocional
selou esse segredo pra si

Um dia se viu num mundo obscuro 
virou pro lado e viu que seus amigos viraram pó
foram levados com o vento
Vivendo uma vida estranha nunca antes imaginada
Rotinas torturantes,
a falta das coisas passadas,nostalgia
dias devastos
a mente pesada
seus sonhos ?
morreram e já foram enterrados
e sem descanso algum
rodam sua mente
e atormentam-na
obrigada a sobreviver

porque viver é muito mais que existir
uma hora a dor vai se amenizar
e ela vai  se levantar


Apenas mais uma mortal,
vivendo medos reais,
fases emocionais e dias infernais.

 By:kátiabvc

 

6 comentários:

  1. Nossa Muito lindo o texto
    Parabéns =]

    ResponderExcluir
  2. Kátia ficou mto massa seu blog..
    Vc quem escreveu??? Adorei...
    Beiijos

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Parabéns!!!
    ta lindoooooo!
    tambem vindo de vc não tem como ficar ruim!
    :D bejão

    ResponderExcluir
  5. Lindo o texto, Katia!
    Vc q escreveu?
    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. rsrsrs foi eu sim quem escreveu,q bom q gostaram

    ResponderExcluir